CONTROLE REMOTO C/ CABOS USANDO A RS-485 (EIA-485) – COM PIC 16F628A (REF 213)

1

Gostaria de usar um par de cabos transados para controlar dispositivos a distancia?

O objetivo desta montagem é mostrar uma possibilidade de uso do padrão RS-485 na transmissão de informações de um transmissor para um receptor.

Veja abaixo o circuito proposto, inicialmente o transmissor :

E abaixo o circuito do receptor :

No Tx, o microcontrolador esta programado para capturar os estados dos interruptores e envia-los pela serial via uma RS-485 para o receptor distante, que irá receber esta comunicação. Antes de enviar os 2 bytes com o estado das portas (portA e portB) ele envia um byte com um número serial que deverá ser o mesmo no receptor. Assim temos um byte de serial mais 2 bytes com as informações do estado dos interruptores. Utiliza 9600 bauds como padrão de velocidade de transmissão entre rx e tx. Outros valores poderão ser escolhidos, desde que se altere no arquivo ‘c’ do tx e também do rx, sendo depois ambos compilados para gerar novos arquivos hex.

No receptor, ao receber o frame com os 3 bytes, haverá uma comparação do serial number, e sendo correto, colocará os valores dos próximos bytes nas portas ‘A’ e ‘B’.

Porque do uso da RS-485?
Cabos com grande distância não se prestam a transmitir informações digitais sem captar ruídos ou mesmo, deformar a onda pelo aumento da capacitância entre fios e plano terra bem com o aumento da indutância pelo comprimento maior dos fios. O padrão RS-485, com transmissão diferencial da informação permite altas velocidades de até 100 kbps a 1600 metros. Com distancias menores, a velocidade pode ser proporcionalmente maior ainda.
Assim, com um fio de alimentação, um fio gnd e um par de fios transados, podemos obter um sistema de comando de cargas a distancia (lampadas, motores, disparadores, etc).
Obs. Esta montagem foi feita usando placas de protoboard, sem ser feito testes de campo. Pode estar sujeita a bug’s ainda não identificados. Esta sendo fornecido os arquivos que poderão ser alterados conforme a necessidade individual de cada hobista.
Antes de confeccionar qualquer placa de circuito impresso, deverá testar em placa de protoboard e ver se atende a sua necessidade.

Segue pasta com os arquivos desta montagem:

control10c_rs485

Manuais:

Pic16f628a
RS-485

Curiosidades:
Rã que tinha filhotes pela boca
O sistema de anti-colisão dos gafanhotos
Comportamento anti-colisão dos peixes
Como vencer a estafa
De luxo a necessidade — a história do sabão
Como o tempo mudou o rumo da História
Acidente de automóvel: ‘Só acontece com os outros’?
Como encontrar segurança num mundo cheio de perigos
Diabetes — como se prevenir

Outros assuntos:

Como fazer as pazes?
Como aproveitar bem seu tempo
Como controlar o estresse
Como proteger seus filhos
Por que continuar? Três razões para não desistir da vida
Qual é o sentido da vida?
“Tenho certeza de que existe um Criador”
A verdade sobre magia, encantamento e feitiçaria
Como posso causar uma boa impressão?
Transtornos de humor – Como obter alívio
Como resolver problemas no casamento
Aprenda a perdoar
Como lidar com os sogros
Como criar filhos responsáveis
Como administrar o seu dinheiro
Ensine valores morais a seus filhos
Como evitar ferir com palavras?
Como tratar seu cônjuge com respeito?

Até o próximo artigo!

1

3 comentários sobre “CONTROLE REMOTO C/ CABOS USANDO A RS-485 (EIA-485) – COM PIC 16F628A (REF 213)

  1. 0

    😛 😛 Olá Claudio, exemplo muito bem vindo, Seria possível este exemplo em assemblear também, em C estou ruim pacas.Valeu ai pelos exemplos que sempre nos salva. Abraço…

    1. 0

      Olá Foxcon!
      Infelizmente, eu não tenho em assembly este programa. Poderá talvez usar o arquivo ‘.list’ gerado pelo compilador C. Com ele é possível entender o que está sendo montado, se for esse o caso.
      Mas a ideia é bem simples: enviar o estado dos interruptores em 2 bytes pela serial + 1 byte do ‘serial number’. O circuito integrado MAX485 apenas adapta os níveis de tensão para o padrão RS-485 (EIA-485).
      Cláudio

  2. 0

    Bom bom este também.
    Aprendo muito com você.
    Poderia, se possível é claro, fazer para comunicação em rede CAN. Uma rede CAN doméstica.
    Sempre ouço falar sobre esta rede e gostaria de aprender e ver o que é de interessante nesta rede que vejo falar. Pois parece que além de ser utilizado em veículos, também é muito utilizado na indústria.

Os comentários estão fechados.