CONTROLE REMOTO P/32 CANAIS (PULSO/RETENÇÃO) USANDO PIC16F877A (REF214)

2

Mais uma opção para comandar a distância seus equipamentos…

Esta versão é uma adaptação do controle remoto com o microcontrolador AT89S52, do artigo ‘CONTROLE REMOTO P/31 CANAIS (PULSO OU RETENÇÃO) USANDO AT89S52’ , de 31 canais. Foi possível acrescentar mais um canal nesta montagem com o Pic 16f877a, disponibilizando um total de 32 canais.

Veja abaixo o esquema do transmissor (tx):

Foi necessário o uso de pull-ups de 4k7 nos PortA, Portc e PortD, para manter o nível ‘1’ com interruptores desligados. O Portb já tem o recurso dos pull-ups internos. Caso os interruptores deste port fiquem distantes, também é aconselhável o uso de pull-up externos, para evitar transmissão com disparos ocasionados com ruídos elétricos ou mesmo, de origem estática, como a proximidade da mão.
Para gerar a frequência de trabalho foi colocado um cristal de 4 Mhz e seus capacitores de 27 pf. o módulo transmissor poderá ser para qualquer frequência como 27Mhz, 315 Mhz ou 433Mhz, sendo a escolha do hobista. Quando qualquer interruptor for ligado, começará uma transmissão, composta de 7 bytes, sendo os 2 primeiros com o ‘serial number’ do transmissor. Este pode ser alterado para outro valor (desde que no receptor também seja alterado para o mesmo). Este ‘serial number’ evita que um receptor igual acione o receptor de outro. No entanto, não deverá ser usados mais de um conjunto na mesma frequência sob pena de mau funcionamento. Use canais diferentes para cada jogo de tx/rx. Os próximos 4 bytes correspondem a situação dos interruptores nos PortA a PortE. O ultimo byte serve para conferir a integridade da transmissão, sendo uma somatória dos outros bytes, truncando em apenas 8 bits. Acionando um interruptor no transmissor ligará a saída correspondente no receptor.

Veja agora o esquema do receptor (rx):

Deve-se repetir a saída para relé em 32 vezes (o número de canais máximo). Logicamente, se desejar usar menos canais, nada impede de montar somente a quantidade de saídas desejadas, deixando desligados os pinos do PIC16F877A sem uso. Foi previsto uma chave para teste/ uso, que facilita os testes de recepção de sinal. Os leds nos coletores acendem quando determinado canal é acionado, mesmo com a chave teste/uso em posição que desliga a alimentação dos reles. Deve-se lembrar, especialmente quando está sendo montado todos os reles (32 canais) que a fonte deve conseguir manter a tensão com todos os reles acionados, cuja corrente poderá chegar próxima de 2 amperes, dependendo da resistência das bobinas dos reles usados. Dependendo da aplicação, poderá usar reles com capacidade de corrente maiores ou menores. Os transistores poderão ser substituídos por circuito integrados do tipo ULN 2004, ULN2803 ou similares, para obter uma montagem mais compacta.

Obs. Esta montagem foi realizada apenas em placa experimental (Bread Board), sujeita a bugs ainda não identificados. Esta sendo fornecido os arquivos que poderão ser alterados conforme a necessidade do hobista.

Segue pasta com os arquivos desta montagem:

CONTROLE_REM_32_877A_FILES

Uma possibilidade de uso é comandar as saídas em modo pulso, mas usando interruptores on/off no transmissor, ao invés de botões dactilares (de pressão momentânea). Segue uma pasta com os arquivos, onde o RX está compilado para pulso em todos os canais. O TX tem o esquema usando leds junto ao interruptores. Isto permite uma melhor visualização dos canais que estão ligados:

CONTROLE_REM_32_877A_SW_LED_FILES

Manuais:

PIC 16F877A

Curiosidades:
Tendência de se isolar
Porque economizar é melhor do que gastar?
Proteja sua audição
O som da neve
Espantoso sentido no mundo animal
Glaucoma e a perda da visão
Estamos ficando sem água?
Florestas tropicais – como explorar sem destruir?
Os perigos da impaciência
O que aprendemos dos projetos da natureza?
Osteoporose – doença silenciosa
Carros – no presente e no passado
O sistema de ‘spray’ do besouro
Ouvindo sons do espaço
Porque as estrelas são cintilantes?
Uma voz silenciosa que pode se ouvida

Outros assuntos:
Uma história que vale a pena conhecer
O melhor teste que você pode fazer
Como criar filhos responsáveis
Como administrar o seu dinheiro
Ensine valores morais a seus filhos
Como posso controlar meu peso?
Entrevista com um bioquímico
Adolescentes- O que fazer se estou sofrendo bullying?
Como evitar ferir com palavras?
Como tratar seu cônjuge com respeito?
Vídeo – Tenha mais paciência

Até o próximo artigo!!!

2

17 comments

  1. 0

    Boa Noite , Claudio,
    Como o amigo Sergioluiz eu tbm queria controlar 32 receptores individuais, com um só transmissor, como esse produto do mercado livre.
    Poderia ser feito?

    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-733386794-controle-remoto-12-modulos-rf-canais-independentes-automaco-_JM

    Agora o que o Sergioluiz quer eu acho que vc tem pronto aqui, nao sei se é isso que ele quer 😆 , pelo que entendi é parecido.

    http://blog.larios.tecnologia.ws/iBlog/archives/3357/

    Fique na paz de Deus!

  2. 0

    Bom dia Claudio, então sobre o feed_back eu pensei em fazer o contrario, seriam transmissores individuais(12f675) mandando para um receptor de 32 canais(16f877).
    usaria no caso um cabo de 2 pares. Daria certo?
    Sérgio

    1. 0

      Olá Sergio!
      Bem, você estará usando 2 pics 12f675 em cada chalé e 2 pics 16f877 na central. O melhor seria que cada 12F675 possa receber e enviar para a central com um único 16f877. Como disse antes, precisa um estudo mais profundo por causa da longa distância do cabeamento, velocidade de envio, se a comunicação será mestre-escravo por varredura, ou outra topologia, como “estrela” e algum método anticolisão como o protocolo CAN. Eu sinceramente não tive tempo para pensar no sistema.
      Cláudio

  3. 0

    Ola Claudio
    voy a cambiar At89s52 por el 16f877
    Para mi es mas fácil de conseguir visto que se pude hacer
    con el 16f77 pase el pcb al 16f877
    Pregunta es que necesitaría que en el emisor cuando pulso un botón
    Seme quedara encendido un led y cuando vuelvo a pulsar se apague
    Combinado con las salidas del el recetor esto seria posible lo haría con
    16f877
    gracia
    Saludos Claudio

    1. 0

      Olá Manuel!
      Creio que com este software não seja possível. O responsável pela definição de pulso/retenção está por conta do receptor e não do transmissor. Qualquer queda de energia ou reinicialização irá dessincronizar o tx do rx. Teria talvez pensar em fazer o contrário, fazendo o tx definir pulso/retenção. Mas teria ser repensado todo o esquema de leitura e acionamento dos leds em modo compartilhado com os botões. Infelizmente, não poderei mexer com isto agora, por falta de tempo e materiais necessários. Mas colocarei no meu “caderninho” para um futuro artigo.
      Cláudio

  4. 0

    Bom dia Claudio a casa mais distante fica em torno de 210m
    Imaginei também se desse para fazer o clone do HT6P20 invés de usar o 12f675 usar o 16f877 mas usando as 32 portas como botões ai era só usar 32 receptores genéricos em paralelo, e gravar os botões em cada casa todos com acopladores opticos para isolar a entrada para não sobrecarregar. Acredito que daria certo.
    teria como fazer o clone do HT6P20 com o 16f677 com todos esses botões?
    Sérgio

    1. 0

      Olá Sergio! Acredito que seja possível alterando o tamanho da palavra enviada. Mas precisaria ser feito um estudo da velocidade máxima de cada bit (baud rate) que pode ser transmitida nesta distancia. Neste sistema não teria o ‘feed_back’ se recebeu ou não.

      Claudio

  5. 0

    Bom dia Claudio, nesse mesmo projeto que você executou não teria como fazer os rx independentes com pic12f675 ? poderia ser para acionar apenas um canal já daria certo, pq passaria o cabo de par trançado e faria a conexão deles em paralelo com acopladores ópticos, mesmo que todos receberem os dados, apenas o com o codigo correto seria acionado ou falo besteira?
    Att; Sérgio

    1. 0

      Olá Sergio!
      Qual a distância que o cabo teria para conectar a central com a casa mais distante?
      Claudio

  6. 0

    Boa noite Claudio, eis a questão as pousadas de pesca não usam wifi por isso não pensei nisso…
    estive pensando em usar algo mais simples que pudesse em um par de cabos mandar um sinal para ligar e desligar a energia e usar outro par de cabos para receber o sinal de ligado e desligado. Teria como fazer os receptores individuais, invés de um único pic16f877 usar 32 pics 12f675? pensei em usar na saida para o tx, um transistor e na entrada dos rx(12f675) usar foto acopladores pc817 para não sobrecarregar e evitar erro na recepção de dados. Só que precisaria que pudesse usar um rx independente para cada canal onde pudesse ser configurado no codigo fonte ou por meio de tclas como nos clones dos chaveirinhos de post anteriores.
    Sérgio

  7. 0

    Bom dia Claudio, sim poderia sim creio que a ideia iria ajudar alguns amigos que acompanham seu excelente blog. A ideia era fazer uma central e através dela ligar dispositivos à distância com uma pousada onde se tem vários chalés e o hospede esquece algo ligado dentro, tipo ar condicionado e pela portaria conseguiria controlar isso, ligar ou desligar a energia daquele apartamento, e se pudesse monitorar se o apartamento está com energia ou não!
    E realmente foi eu sim que havia pedido algo desse tipo você fez quase isso! rsrs falta pouco!rsrs um forte abraço!

    1. 0

      Olá Sergio!

      Obrigado por compartilhar sua ideia. Mas no seu caso parece bem mais complexo para usar simples microcontroladores pic’s. Não pensou em uma rede de computadores, com um programa de monitoramento rodando e nas casas, aquelas placas de acesso remoto pela Internet? Provavelmente deve ter rede instalada nas casas, o que simplificaria por não ter de passar cabeamento novo. Existem via WiFi também.
      Cláudio

  8. 0

    Boa noite Claudio,tudo bem? espero que sim, excelente projeto, mas como sempre a pergunta? rs pode mudar para usar de uma forma diferente?
    estive pensando na seguinte invés de usar o tx usar rs485 e usar 32 pic12f675 como Rx ? ai ficariam independentes para colocar próximos à carga??
    Não sei se consegui explicar mas acho que é isso? rsr
    Obrigado e aguardo a resposta!

    1. 0

      Olá Sergio!
      Obrigado por seu comentário e sugestão. O circuito do artigo visa acionar carga na proximidade do receptor , e o que você sugere seria acionar cargas dispersas em vários pontos (por. ex. de uma casa ou mesmo um conjunto de casas ou apartamentos). Não lembro de cabeça se foi você que sugeriu um projeto para controlar portões de garagem remotamente com este artificio. Estou pensando em fazer algo assim, mas ainda está no papel, pois tenho que estudar um protocolo que atenda a necessidade, inclusive para uma expansão. Talvez possa ser construído em módulos, onde se poderia acrescentar mais canais apenas somando mais módulos. Mas como disse, é apenas um estudo de caso. No seu caso, poderia compartilhar conosco como seria usado este 32 canais dispersos?
      Cláudio

  9. 0

    lario boa noite, so voce mesmo com boas ideias, poderia utilizar seu precioso tempo em desenvolver um projeto tão interessante e util como este, utilizando tantas saidas. e com direito de pequenas alterações a gosto do projetista.muito obrigado mesmo lario pelo seu empenho em ajudar pessoas.

    1. 0

      Olá José Luiz!
      Obrigado por suas expressões de apreço. Você também está ajudando, pois vi o seu site ‘Eletrobotica – Automação e Transmissão’. Pude notar que tem o desenho de algumas placas, esquema de PLL para transmissão com pic, entre outros. Muito bom! Quem sabe mais colegas queiram compartilhar seus conhecimentos, com novos blogs!!
      Cláudio

Comments are closed.